Viajando até Uberlândia

Após a situação bizarra narrada no post anterior, decido sair de Minas com destino à Campo Grande, acreditando que, por ser uma capital, poderá ter recursos que possam me ajudar a ter um diagnóstico do problema em minha visão. Aqui narrarei fatos acontecidos nos dois próximos dias do meu delocamento.

Dia de viagem: 23/08/2017

Amanheço o dia na Rodoviária, logo que a agência abre saco dinheiro e compro uma passagem para a cidade mais próxima de Campo Alegre, não me recordo o nome, mas chego lá próximo de 11:00, o motorista me deixa em um shopping que parece não estar em pleno funcionamento, existem várias lojas fechadas, aproveito para usar o banheiro e limpar meu coturno, na medida do possível, pois o barro vermelho está o impregnou, ele está bastante surrado, embora tenha menos de um mês de uso devido às longas caminhadas.

Como uma peça feita com milho, não estava saborosa, mas alimentava. Os únicos gostos e sensações que consigo identificar é de farelo de milho, frango e óleo, mas também não estava horrível.

Nessa cidade consigo uma outra carona, que me deixa em Uberlândia.

Chego lá à tarde. Fico em uma rotatória, o motorista me direciona para um posto, porém ao percorrer o caminho percebo que é um bairro industrial, e o próximo posto é muito longe, mesmo assim consigo chegar até ele.

Como um pudim, compro uma água, espero na pista por várias horas e não consigo carona.

Decido ir para a rodoviária, no centro da cidade andando.

É muito longe, chego lá tarde, e, sem tomar banho e com minha roupa cheia de poeira nela passo a noite.

 

Dia 25/08/2017

Consigo nesse dia um pouco de dinheiro e vou procurar local para conseguir algum trabalho, e não encontro.

Tomo banho, coloco minhas roupas para lavar, faço um lanche e pago o guarda volumes para onde deixei minha mochila.

Depois percebo que se tivesse alugado um quarto de hotel com o dinheiro seria muito mais vantajoso.

 

Acredito que seja um local que tenha várias opções para turistas e muito para se conhecer, mas não estava em meus planos prolongar minha estadia nesse local. Pensava que logo que pudesse iria seguir para Campo Grande, o que realmente aconteceu, conforme se poderá verificar a seguir.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: